Centro de Acolhimento

Centro de Acolhimento Temporário CAT

O Centro de Acolhimento Temporário de Vilarandelo entrou em funcionamento em Março de 2001, como forma de responder a uma necessidade sentida na zona geográfica envolvente.
Acolhe crianças e jovens que foram vítimas de maus tratos independentemente da sua natureza e geralmente encontram-se a necessitar de substituição urgente e transitória do meio familiar em que se encontravam. Podem admitir-se crianças com deficiência desde que estejam criadas condições físicas e técnicas para uma integração adequada.
CAT é uma casa de amigos que estão atentos às necessidades, à educação, aos valores cívicos e morais e ao futuro de todas as crianças/jovens que lhe forem entregues. Tem também como princípios orientadores os seguintes:

  • Humanidade
  • Imparcilidade
  • Neutralidade
  • Independência
  • Voluntariado
  • Unidade
  • Universalidade

O Centro de Acolhimento é um equipamento de acolhimento que se pretende que seja transitório, onde se proporciona todos os cuidados básicos essenciais. A Equipa Técnica realiza o estudo e diagnóstico e define as soluções, o mais possível adequadas, numa perspectiva de traçar um caminho futuro com um projecto de vida concreto, em que o próprio jovem seja um agente activo.

Os jovens iniciam no CAT uma nova fase da sua vida, que tem de ser devidamente acompanhada para que as situações vividas antes de acolhimento, não se tornem a verificar e as consequências das mesmas sejam ultrapassadas proporcionando-lhes competências essenciais para se tornarem adultos capazes e responsáveis.
Pretende com a sua actuação compensar a ausência de um meio familiar, proporcionando às crianças e jovens educação, carinho e amizade sincera de forma a aliviar o sofrimento que o acolhimento origina.

Deixe o seu comentário.