USPRIGOZUS

Há histórias que fazem a história, esta é uma delas. É uma história bem simples mas carregada de emoções, amizade, simplicidade e com muito trabalho à mistura.

Há cinco anos atrás o Cindo foi comprar válvulas para uma bicicleta, ao chegar à loja estavam expostas duas moto quatro Suzuki 160, o vendedor e amigo do mesmo logo tratou de lhe dar a volta à cabeça, passado cerca de duas horas lá sai o Cindo da loja sem as válvulas para a bicicleta, mas todo contente com a compra de uma moto quatro amarelinha novinha em folha.

UsprigozusComo não podia deixar de ser, toca a despachar a mota para Vilarandelo e começar a dar as primeiras voltas pelos montes, como andar sozinho não dava  gozo e o rapaz perdia-se muito por não conhecer ainda bem o terreno que pisava, tratou de dar a volta à cabeça do seu amigo Bino para também ele comprar uma “montada” igual à sua. Diga-se que até foi tarefa fácil, pois passado uma semana lá foram os dois a Braga buscar o “animal”.

Decorria o final do dia trinta e um de Outubro de 2001 e depois de um dia de trabalho lá foram os dois desgraçados para Braga numa viatura com espaço suficiente para trazer a possível compra, digo possível uma vez que nem um nem o outro ainda tinham visto a mota.

Foi amor à primeira vista, até tinha grades e todos os extras de fábrica, resultado lá ficou o antigo dono a pé com um cheque na mão e a “bichinha” carregada na carrinha a caminho de Vilarandelo.

Dia seguinte de manhã, dia das primeiras voltas, os caminhos da freguesia foram percorridos palmo a palmo acompanhados pelo ronronar das “montadas”, extasiados com o desenrolar da coisa começaram a fazer planos para a próxima saída que seria daí a dois dias. À hora marcada lá estavam os dois no cruzeiro à espera dos amigos entretanto convidados para irem todos juntos andar de mota.

Apareceram todos, o Beto, o Bife, o Chico da Estela, o Estuque e o Escurinho (perdoem-me se me esqueci de alguém!!!), apareceram todos e apareceu de tudo, motas, motorizadas, aceleras e até uma Casal cor de ferrugem do Ti Vitorino por lá andou. Os passeios aos domingos de manhã foram-se tornando uma constante, e o grupo foi crescendo e as “montadas” mais velhas e menos apropriadas postas de lado e substituídas por “puros sangues” com “ferraduras” apropriadas ao terreno que teriam de pisar.

Chegou o Carnaval de 2002 e o grupo que se juntava para andar de mota decidiu participar, criou-se a ideia, construiu-se um carro para o desfile, as fardas apropriadas mas faltava um nome para grupo. Entra então em cena o Albino Milheiro agora de alcunha “O Padrinho”, que cada vez que vinha a Vilarandelo e via o Cindo ou o Bino dizia sempre “ vem aí o perigoso” e se via o Cindo e o Bino dizia “cuidado que estes dois são perigosos”, daí chegou-se facilmente ao nome “USPRIGOZUS”.

Hoje já com cinco anos comemorados, a este pequeno grupo foram-se juntando pessoas vindas de todo o concelho de Valpaços e mesmo gente de fora deste dando origem à associação que todos nós conhecemos.

Usprigozus, além de organizarem um dos maiores eventos do todo o terreno da região norte do país, estão também envolvidos em diversas actividades de Vilarandelo, dando o seu melhor e contribuindo para dar a conhecer a nossa Vila.

A todos USPRIGOZUS e Vilarandelenses um bem-haja.

Site: http://usprigozus.com/